quarta-feira, 25 de maio de 2011

Modulo Topázio e Iniciação na Magia dos Dragões


Muito bem, todos estão perguntando sobre como se iniciar na Magia dos Dragões. Essa iniciação acontecerá pela primeira vez no dia 19 de junho e é válida para os alunos das aulas dos dragões do ano passado. Indispensável fazer a aula de sábado, de alquimia dos dragões, somando assim seis aulas, com outras quatro, que podem ser do ano passado ou deste ano. Pra quem não fez nenhuma aula ainda, precisará completar as quatro aulas por EAD. Nesse caso, entre em contato comigo, pois essas aulas serão dadas depois, já que o curso está atrasado. A taxa da iniciação é para aluguel, limpeza do espaço, banquete ritual, o presente iniciático e custos gerais. A roupa pode ser a mesma da Iniciação, pra quem já fez. Pra quem nunca fez uma iniciação e não possui uma roupa, basta que seja uma roupa confortável e bonita, algo que represente você no Reino dos Dragões.


Essa iniciação fará com que você se torne ligado ao Reino dos Dragões, acessando mais facilmente seu dragão pessoal e outros que poderão lhe passar ensinamentos, conhecimento, sabedoria, bom humor e boa fortuna, dependendo, é claro, do seu merecimento a partir daí. Essa iniciação é de Primeiro Grau, ou seja, é o primeiro passo na Dimensão dos Dragões, e não caracteriza um Cavaleiros dos Dragões. Já os Cavaleiros da Rosa que quiserem fazer esta iniciação estarão fazendo uma iniciação de Segundo Grau, tornando-se Cavaleiros dos Dragões, egrégora com que os Cavaleiros da Rosa já trabalham. Qualquer dúvida, por favor entrem em contato: eddie@eddievanfeu.com

JUNHO:
18 e 19 de junho (SP): Faces da Lua
Módulo Topázio
Iniciação na Magia dos Dragões

Sábado de 10 às 13 hs: Alquimia dos Dragões. Como realizar pós, poções e elixires com a ajuda dos dragões. Sua presença na alquimia da antiga magia. Segredos da alquimia.

Sábado de 14 às 17 hs: Espiral dos Dragões. Aqui, subimos mais um degrau com este curso inédito na direção da convivência com os Dragões. Magias e rituais avançados e inéditos com estes grandes amigos alados.

17hs30: Ritual de Conexão com o Reino dos Dragões (preparação para a Iniciação na Magia dos Dragões).

Domingo de 15 às 18 hs:
INICIAÇÃO NA MAGIA DOS DRAGÕES.

O que é preciso para se Iniciar na Magia dos Dragões:
  • Ter assistido seis aulas de Magia dos Dragões, sendo que duas dessas aulas devem ser as do dia 18 de junho. As aulas de Magia dos Dragões de 2010 também estão valendo para quem quiser se iniciar.
  • Roupa Ritual
  • Pagamento da taxa de custo (170,00), referente ao banquete ritual, aluguel do espaço, limpeza, presente iniciático, etc... para o Faces da Lua (falar com Marçal).
  • Para quem não assistiu alguma das aulas e deseja a iniciação, entrar em contato pelo e-mail, pois faremos a reposição por curso virtual: eddie@eddievanfeu.com
  • Cada iniciado pode levar três convidados. É preciso avisar quantos convidados estará levando.
  • Informações pelo telefone (11)2306-1751.

Local das aulas e da Iniciação: Espaço Faces da Lua
Telefone: (11) 2306-1751
Rua Colônia da Glória, 414 - Vila Mariana - São Paulo - SP
Explicação: Descer a Av. Lins de Vasconcelos (Metrô Vila Mariana) e entrar na terceira rua a direita (Rua Tubarana). Na rua principal, basta virar a esquerda e caminhar até o espaço.
E-mail: faces.lua@gmail.com
ATENÇÃO: Aulas e rituais são independentes. Quanto mais você fizer, mais desconto ganha.


Meu manifesto contra a falta de vontade com as palavras

Esse texto acabou de ser postado como comentário numa postagem antiga onde eu e o Renato demos uns tiros num Anônimo que reclamava do livro dos Dragões estar caro, incacessível e não ser encontrado em lugar nenhum. Se quiser ver a história inteira, é só clicar aqui. A resposta a seguir fala um pouco sobre minha intolerância com certos comportamentos bem típicos atuais, especialmente no Brasil. Achei interessante postar aqui, porque lá, já que a postagem é antiga, as pessoas não devem ver.


"Oi, Pai Emerson! Sou uma admiradora da Umbanda e tenho muitos leitores e alunos dessa tradição. Quando tiveres o seu livro, por favor envie-o para que eu possa divulgar. Entenda que o fato de termos sido deselegantes em nossas respostas anteriores e termos nos desculpado não significa termos mudado de opinião. Só me desculpei pela forma agressiva de responder. Minha família era pobre, meu pai levou muitos anos e muito trabalho em dois empregos para nos dar uma vida melhor. Mesmo assim, nunca me faltou oportunidade de ler. Sim, os livros já eram caros naquela época, mas havia sebos, bibliotecas e clubes de leitura. Hoje, há feirinhas e sebos com livros a dois Reais. Eu deixava de lanchar - e pela distância do meu colégio, o lanche era meu almoço - para juntar dinheiro e comprar um livro. E como eu, milhares de pessoas sem condições nunca abandonaram a leitura de bons livros. Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, arruma desculpa. Eu não concordo com essa política brasileira de ter pena do coitado e aceitar suas desculpas. Sim, o Governo não vale nada, sim, os impostos são um absurdo, sim, a vida às vezes é difícil. Mas se um monte de gente na mesma situação conseguiu sair do buraco, por que aceitar as dificuldades como empecilhos?
Quanto aos erros, não perdoo também, não. Sim, a educação está ruim, cada vez pior na verdade, mas se essa criatura LESSE, saberia escrever melhor. Esses erros que vemos hoje na Internet são de preguiça. Sempre que rodo a baiana e dou esporro em quem me escreve que nem analfabeto, recebo surpresa e-mails das mesmas pessoas com um Português perfeito!!! Se sabiam escrever direito antes, porque não escreveram?
Sou professora e dei muita aula para crianças e adolescentes. E eu era durona. Durona MESMO. Grossa, se preferirem. Achei que ia ser demitida. Ao invés disso, os pais me agradeceram por mudar o comportamento dos filhos e os filhos, quem diria, faziam qualquer coisa para irem a minha aula.
Já pararam pra pensar que toda essa indulgência, toda essa tolerância, toda essa permissividade, está fazendo um enorme mal às pessoas? Já pararam pra pensar que, exigir um pouco mais, cobrar um pouco mais, também revela confiança de que a pessoa realmente pode mais?
Fica aqui minha promessa de tentar ser mais gentil, mas não contem comigo para passar a mão na cabeça dos coitados porque, sinceramente, eu acho que eles merecem mais do que estão recebendo e merecem se realizar. Prefiro dar um empurrão pra eles andarem pra frente do que acomodá-los no buraco da auto-comiseração.
Beijos!
Eddie"

terça-feira, 24 de maio de 2011

E atenção para horários e encomendas no Kodama!

O Kodama acontece uma vez por ano e é a única oportunidade para a galera de Brasília, Goiânia, Goiás e até Mato Grosso participar de oficinas com profissionais de renome de todo o país. Também é uma boa oportunidade de comprar livros autografados e tirar suas dúvidas. Neste ano, estarei mais uma vez com a Carolina Mylius na Feira Medieval, contando com a ajuda do meu fiel escudeiro Robson Gabriel e a companhia da Corte de Eloísa e Osvaldo Furlan, da Ars Mediaevalis, assim como nossos amigos piratas do Excalibur. Ainda teremos a presença de dois grandes escritores. André Vianco chega com seus vampiros para participar da mesa redonda literária e dar autógrafos ao final e Raphael Draccon, que escreveu a série de sucesso Dragões de Éther e dará uma oficina, além de também estar na mesa literária.
Aproveito para avisar a todos que não levarei muita coisa esse ano por causa dos livros (sim, estarei levando o Magia Prática de Franz Bardon e os outros livros da Linhas Tortas). Então, se você quiser alguma coisa específica, como poções, pós, espelho, caixa, varinha etc., peço que me mande um e-mail fazendo sua encomenda, pois aí eu levo. O e-mail é o de sempre: eddie@eddievanfeu.com. Lembrem-se também que eu só existirei na dimensão carioca até quinta-feira. Sexta já estarei voando para Brasília, então não adianta mandar seu pedido na quinta de noite, por exemplo. Se tiver dúvidas sobre o que você quer, é só me perguntar. Agora, anote a grade de horários e a gente se encontra no sábado!


Horários para as Oficinas, Palestras e Mesas redondas da ALA dos Quadrinhos, Livros e Magia no KODAMA:

SALAs Fanzine1 e Fanzine2  destinadas para oficinas  - Inscrições podem ser feitas no estande de Fanzines e Independentes ou direto na sala de acordo a qtidade de vagas restantes, máx 20 alunos por oficinas com tempo máx de  1h e 30 para cada.
SALAs Palestras1 e Palestras2 destinadas  à PALESTRAS e MESAS REDONDAS  - Informações podem ser retiradas no estande de Fanzines e Independentes ou direto na sala. Tempo máx de 2h para cada palestra  ou mesa redonda.

SÁBADO – Oficinas de 1h e 30min cada

Sala Fanzine1- 1°andar-Bloco “D”- sala B10 – Oficinas – relacionadas a quadrinhos
13:00/14:30
Como fazer um sketchbook e seu uso na criação dos quadrinhos- Prof: Cátia
15:00/16:30

Criação de personagens – Prof: Jerônimo
17:00/18:30
Oficina de Tiras – Profs Maurício Rett e Wesley Samp
19:00/20:30
Como produzir uma série de HQs-
Prof: Daniel  Esteves

SÁBADO- Oficinas de 1h e 30min cada

Sala  Fanzine2- 1°andar- Bloco “D”- sala B8 – Oficinas – relacionadas a quadrinhos
13:00/14:30
Tiras de humor – Síntese de uma idéia –
 Prof: Mário Mastrotti
15:00/16:30
Formação de roteiros para HQs –
Prof: Leonardo Santana
17:00/18:30
Como apresentar projeto para publicar seus quadrinhos- Prof: Rafael Fernandes
19:00/20:30
Dicas para quem quer escrever -
Prof: Viviane Machado


SÁBADO- Palestras de 2hs cada
Sala Palestras1 - Bloco “B”- 1°andar- sala B5 – Palestras – relacionadas a livros e quadrinhos
11:00/12:30
Como publicar um livro no Brasil – Por: Eddie Van Feu
15:30/17:30
Porque uma história pode mudar o mundo- Por: Raphael Draccon

18:00/20:00
Mesa redonda : Mulheres nos Quadrinhos-
Por: Fabiane Bento, Samanta Flôor e Cyntia B.



SÁBADO- Palestras de 2hs cada
Sala Palestras2-Bloco “B”- 1°andar- sala B1– Palestras – relacionadas a livros e quadrinhos
13:00/15:00
Vida e Obra de Erica Awano
15:30/17:30
Edição de livros cooperados – Por: Mário Mastrotti



DOMINGO- Oficinas de 1h e 30min cada
Sala Fanzine1- Bloco “D”-1° andar- sala B10 – Oficinas – relacionadas a quadrinhos

13:00/14:30
Oficina de Tiras – Profs: Maurício Rett e Wesley Samp
15:00/16:30
Como fazer um sketchbook e seu uso na criação dos quadrinhos- Prof: Cátia
17:00/18:30
Criação de personagens – Prof: Jerônimo
19:00/20:30
Como produzir uma série de HQs- Prof: Daniel  Esteves

DOMINGO- Oficinas de 1h e 30min cada

Sala  Fanzine2- Bloco “D”-1°andar- sala B8 – Oficinas – relacionadas a quadrinhos
13:00/14:30
Formação de roteiros para HQs –
Prof: Leonardo Santana
15:00/16:30
Como apresentar projeto para publicar seus quadrinhos- Prof: Rafael Fernandes
17:00/18:30
Tiras de humor – Síntese de uma idéia –
Prof: Mário Mastrotti
19:00/20:30
Personagens Femininas; imagem e conceito -
Prof: Lua

DOMINGO- Palestras de 2hs cada
Sala Palestras1 - Bloco “B”- 1°andar- sala B5 – Palestras – relacionadas a magia e quadrinhos
11:00/12:30
Os segredos da magia – Por: Eddie Van Feu
15:30/17:00
Uso  prático dos instrumentos na magia –
Por: Eddie Van Feu
18:00/20:00
Vida e Obra de Erica Awano





DOMINGO- Palestras de 2hs cada
Sala Palestras2-Bloco “B”- 1°andar- sala B1 – Palestras – relacionadas a livros e quadrinhos
13:00/15:00
Mesa redonda: Como publicar – Por: Raphael Draccon, Eddie Van Feu, André Vianco e Carolina Mylius.
15:30/17:30
Mesa redonda : Mulheres nos Quadrinhos-
Por: Fabiane Bento, Samanta Flôor e Cyntia B.




*Horários sujeitos a alterações nos dias do evento.


Kodama – DF
Dias 28 e 29 de maio de 2011
IESB Asa Sul – Campus Edson Machado - SGAS Quadra 613/614 – Lotes 97 e 98
L2 Sul
Brasília – DF
Confira os valores dos convites promocionais, antecipados e no dia no site: http://www.kodamadf.org/

Fique esperto que ainda dá tempo de participar do Concurso Literário Alcateia e Kodama 2011!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Kodama sem Lua

Acabo de descobrir que meu novo livro Lua das Fadas só sairá da gráfica quarta-feira da semana que vem! Não poderemos levar para o Kodama! Mas pelo menos, você já pode curtir o site que fiz para o livro! Muita coisa legal por lá! Dá uma passada e siga-o!


Vamos espalhar essa idéia! Fale com todo mundo desse livro e vamos encher o mundo de fadas!

domingo, 22 de maio de 2011

UPDATE do caso da Casa Assombrada

Muito bem, é hora de atualizar todo mundo do caso da semana. Em primeiro lugar, quero agradecer a todos que trabalharam nesse caso, mandando energia, fazendo rituais, mandando mensagens e ligando para a nossa amiga Vilma. Como vocês já sabem, ela é uma ex-aluna, do tempo ainda do Luz da Lua (2007) que estava enfrentando aparentemente um feitiço de miséria que atrasou sua vida. De quebra, um monte de espíritos umbralinos começou a assombrar sua casa. Ela estava desesperada e eu fiquei desesperada por tabela, pois não estava nem em São Paulo para ajudar. Felizmente, um monte de gente se prontificou a ajudar. A Denise e a Rosângela, iniciadas e alunas constantes do Faces da Lua, deram guarida por um dia e uma noite à ela e uma entidade se manifestou. Denise viu que a entidade era a própria Vilma em viagem astral explicando o que acontecera. Num resumo da ópera, ela pediu ajuda ao Universo, pedindo também aprendizado para poder ensinar e ajudar os nossos irmãos inferiores. A intenção foi boa, mas infelizmente, a Vilma não tinha a menor idéia do que estava pedindo. Assim, quando os irmãos inferiores começaram a aparecer, ela se assustou e fugiu. Aí deu no que deu. Ela precisa de coragem para enfrentar o problema e serenidade para sair dele.

Por aqui, eu acendi caldeirão no primeiro dia, o que resolveu a princípio, mas não permanentemente. Depois, acendi velas com o nome dela escrito por três dias seguidos, sempre às seis da tarde. A primeira vela foi vermelha e queimou pela metade lateralmente. Acendi de novo e dei-lhe um esporro. Aí ela queimou inteira. No dia seguinte, acendi uma preta. Queimou longitudinalmente pela metade também. Ontem acendi uma lilás e enviei irradiações de amor, perdão e compaixão. Aí queimou inteira, não sobrou nem o pavio. Todas essas velas foram preparadas num ritual em aula lá no Faces da Lua, onde fizemos um ritual de quebra de feitiço e limpeza. Hoje, acendi novamente uma lilás comum (não preparada). Em todos os dias, ao lado dessa vela tinha outra, de cor diferente, acesa para o altar central da casa e nenhuma delas apresentou alguma bizarrice.

Juntos somos fortes. Mais do que isso, juntos somos imbatíveis!

Hoje eu não pude ligar para a Vilma, então não sei como estão as coisas, mas assim que tiver notícias, falo pra vocês. Ontem, quando falei com ela, ela já estava mais calma, mas começando a ficar com medo de novo, o que atrapalha muitíssimo nosso trabalho. Dei-lhe as instruções de que ela precisa enfrentar e parar de ter medo e espero que ela as siga. Peço que continuem enviando irradiações de amor, proteção e discernimento para ela e para todos os seres da casa. Acredito que haja pelo menos um ser lá que está lá só pra quizumbar e impedir o trabalho, mas os outros parecem apenas espíritos umbralinos perdidos querendo ajuda.

Quanto ao feitiço de miséria, se houve - porque a Denise detectou fortes intenções energéticas, mas não exatamente um feitiço físico, embora o efeito seja o mesmo - já tinha sido quebrado no ritual dos dragões lá na Convenção de Bruxas. Ela já recebeu ajuda com ração para as cachorrinhas e já está trabalhando! Viva!

Eu agradeço à Denise e à Rosângela pela ajuda, ao Contrânio e à Renata, que ajudaram com ração e a busca por um emprego, e a todos os Cavaleiros da Rosa, leitores e alunos que ajudaram de uma maneira ou de outra. E agradeço também à Vilma, porque ela acabou nos proporcionando uma boa oportunidade de aprendizado. Continuaremos com o serviço e assim que tudo estiver OK, eu aviso.

Tenho recebido outros pedidos de ajuda desesperada por e-mail ou facebook e peço desculpas por não poder atender a todos. A gente faz o possível, mas o dia é curto e a energia às vezes termina, até mesmo a minha. Nesse exato momento, estou achando que preciso dormir por uma semana!

Cavaleiros da Rosa, em breve teremos notícias para vocês. Continuem o bom trabalho.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Aula Amanhã com os Dragões e a luta continua!

Em primeiro lugar, quero agradecer a todos que se comoveram com a história da nossa amiga Vilma e enviou energia e apoio de todo o Brasil! Ela está se acalmando, mas ainda não consegue voltar pra casa (é, tá sinistro lá). Continuem o trabalho. Agradeço em especial aos Cavaleiros da Rosa, que estão sempre prontos, e à Denise, que deu uma guarida emergencial para ela. Eu tenho feito rituais aqui e são muito puxados. Junto com a minha semana tumultuada, estou exausta e muito cansada. Então, vou pedir que tenha um pouquinho de paciência e esperar até domingo, quando postarei um monte de coisas, não só sobre este caso, mas sobre a Convenção, a Amazônia, a Irlanda, a Wicca, Luz e Sombras, e tudo o mais! Pra quem tá no Rio, vale lembrar que amanhã tem aula. Ainda bem que é de tarde!

E atenção, galera! Vamos aprender a jogar runas dos dragões no Rio de Janeiro! De quebra, vamos aprender algumas magias com runas e aprender a fazer nossas próprias runas com cristais. Traga suas pedrinhas para fazer talismãs e runas! Essa aula conta para quem deseja se iniciar na Magia dos Dragões, no final do ano. Quem não deseja se iniciar, não precisa, não é obrigatório.  Aí é só ir e curtir mais esse aprendizado e adicionar as runas aos seus oráculos. Tema inédito e, como a maioria das aulas, não vai se repetir. Anote!

Dia: 21 de maio, de 13 às 16 horas.
Onde: Portal Violeta
Investimento: 62,00
Rua Pinto de Figueiredo, 67 – Saens Pena
Confirme sua presença: 3872-4971

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Um caso de urgência e assombração

Oi, gente! Hoje eu pretendia postar um monte de fotos da Convenção, mas o Serasa das fotos ainda vai ficar com meu nome lá porque pintou uma emergência. Estou aqui porque sei que há centenas de pessoas prontas para ajudar num caso de emergência, ainda mais num caso espiritual como esse. Uma ex-aluna minha está com um problema sério de casa assombrada. Na verdade, ela foi vítima de um feitiço sinistro e demorou um pouco para pedir ajuda. O resultado é que a casa virou o filme Poltergeist. Ela adotou duas cachorrinhas, uma delas uma filhotinha numa Convenção de Bruxas onde o Renato e eu estávamos às voltas com um monte de filhotes abandonados (e um poodle resgatado na estrada). É uma senhora de grande coração, que deixou de comer para alimentar os bichinhos, então imagine como ela deve estar apavorada para ter saído correndo de casa hoje sem ter pra onde ir. Ontem, às seis da tarde, eu fiz uma incursão à distância na casa dela. Eu já tinha trabalhado nela (já estava aparecendo ajuda e até trabalho, que ela não conseguia há um ano), então só faltava a casa.
À princípio, foi tudo bem. Ela viu no mesmo momento o que eu fiz aqui, viu as presenças sem que eu dissesse nada, e tudo ficou calmo e belo. Até de madrugada. Aí, eu não sei o que aconteceu, não sei como nem porque, algo aconteceu que fez a mulher sair correndo de casa hoje. Ainda não sei o que houve, mas quem vê filme de terror sabe que às vezes essas criaturas umbralinas voltam e voltam pau da vida. Ela me ligou pedindo ajuda, mas eu estou no Rio e só me restam vocês! Para o pessoal que está fora de SP, vou pedir que façam rituais, orações, encatamentos, irradiações, o que puderem, para a casa dela. Para os que estão em SP e adjacências, peço que vejam se podem ajudar, dando uma guarida a ela por hoje e/ou acompanhando-a de volta à casa, pois as cachorrinhas ficaram lá e ela está com medo de voltar sozinha. Vou acionar os Cavaleiros da Rosa para que possamos fazer uma nova incursão, dessa vez em grupo, e se alguém se prontificar a fazer uma visita ao local para passar um reporte para mim de como está a coisa por lá, é só entrar em contato (eddie@eddievanfeu.com). Quem achar que pode encarar o serviço de limpeza astral e espiritual lá também é bem-vindo, mas entre em contato antes para que possamos dar o suporte daqui. Vou ter que sair nesse minuto e deixo o endereço dela para fazer irradiações e rituais e o telefone, caso alguém possa recebê-la por hoje. Agradeço de antemão, pois sempre que pedi algum tipo de ajuda para alunos, iniciados ou leitores, sempre recebi.

Vilma de Oliveira
Rua Dezenove, 259 - Jardim Vassouras II, Francisco Morato, São Paulo
Tel.: 9279-1363

HAJA O QUE HOUVER, MANTEREMOS A FÉ!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Enfim, o curso EAD voltou!!!

Gente, parecia piada, como era difícil colocar o curso EAD no ar! Era todo tipo de problema técnico até a falta de tempo tradicional, mas finalmente, temos todas as aulas do Magia Sem Fronteiras no Ar, entrando uma por dia a partir de hoje (já programei no blogger!!!). Nessas aulas, aprenderemos a influenciar eventos à distância com varinha, athame, espada, mãos e criação mental, dentre outras coisinhas básicas... Pra quem já é aluno desse módulo, é só acessar o blog: http://magiasemfronteiras.blogspot.com/
Pra quem não é aluno, é só comprar o curso por depósito bancário (são 35,00 por curso, temos dois no ar e seis a caminho). Estou respondendo finalmente os e-mails que perguntam sobre como fazer o curso EAD e os da Amazônia! Só pra constar, também postei as primeiras páginas do livro Magia Prática de Franz Bardon, que traduzi (www.eddievanfeu.com), e na Loboteca você encontra o primeiro capítulo como uma palhinha. Sempre tem uns chatos anônimos reclamando que estou popularizando alguma coisa que deveria ser secreta, e com o Bardon não é diferente (pra minha surpresa, pois essa era a intenção dele). Então, vê se lê e faz um comentário lá também. No mínimo, você vai se divertir com o barraco que tá rolando. Renato já falou que essa biblioteca nunca foi tão barulhenta... Se você não recebeu minha resposta, é só escrever com "Curso EAD" no assunto da sua mensagem. E sábado tem aula de runas dos dragões, hein, galera!!! Vamos aproveitar para confeccionar uns talismãs ao vivo e à cores, então, leve suas pedrinhas. Pode ser cristal ou simples pedras de rua, desde que você sinta alguma coisa especial nela!

Sim, ando meio louca, mas pelo menos tô conseguindo entregar tudo! A Wicca #61 está andando! E Uma Guerra de Luz e Sombras também... Falo disso amanhã!

quinta-feira, 12 de maio de 2011

KODAMA 2011 - VAMOS PRA BRASÍLIA!

O evento mais animado de Brasília está pipocando de novidades em sua décima edição e nós não poderíamos ficar fora dessa! Além dos famosos concursos de cosplay e atividades de teatro, dança e cultura, o Kodama ainda trará a Feira Medieval e um Encontro Literário para quem gosta de viajar nas páginas da imaginação, seja lendo, seja escrevendo. Fique por dentro e não perca!

Kodama – DF
Dias 28 e 29 de maio de 2011
IESB Asa Sul – Campus Edson Machado - SGAS Quadra 613/614 – Lotes 97 e 98
L2 Sul
Brasília – DF
Confira os valores dos convites promocionais, antecipados e no dia no site: www.kodamadf.org

Fique esperto que ainda dá tempo de participar do Concurso Literário Alcateia e Kodama 2011!

E dê uma passadinha no Estande dos Artistas na Feira Medieval, onde você encontrará a Eloísa e o Osvaldo vendendo artefatos maravilhosos medievais, os piratas do Excalibur, o Raphael Draccon, o André Vianco, a Carolina Mylius e eu, é claro! Conseguirei terminar minha fantasia de Mulher Maravilha???? No estande, você confere artefatos mágicos e livros, inclusive os novos. E uma surpresa...

E atenção para a programação literária e de magia. Os horários ainda não foram divulgados, mas você pode acessar a programação completa e os detalhes com atualizações diretamente no site oficial do Kodama: www.kodamadf.org


MESA REDONDA SOBRE COMO PUBLICAR

Uma mesa redonda com três dos maiores autores publicados no Brasil sobre os caminhos para publicar um livro, o mercado editorial brasileiro, a rotina de um escritor, a formação necessária e muito mais. Indispensável para quem quer se tornar um profissional do mercado editorial. Na mesa, falando por experiência própria e tirando dúvidas, os autores cariocas Raphael Draccon (Dragões de Ether), Eddie Van Feu (Wicca, Alcatéia e Lua das Fadas), André Vianco (O Sétimo, O Turno da Noite) e Carolina Mylius (ilustradora e capista de diversos livros, incluindo Alcateia, Magia Prática de Franz Bardon e Magia dos Dragões).

Como publicar um livro no Brasil
com Eddie Van Feu
Dia: Sábado (de tarde)

Oficina sobre como ser um escritor, passando pela construção da história, dos personagens, escolha do estilo de livro e descoberta da sua narrativa, até truques para agilizar aprimorar sua técnica e como publicar. Vamos falar também sobre a realidade do mercado brasileiro, o mercado virtual e as vantagens e desvantagens de se publicar com editora, por conta própria e por Internet.

Os Segredos da Magia
com Eddie Van Feu
Dia: Domingo (de tarde)

Oficina sobre vários conceitos considerados tabu ou verdade universal, incluindo Iniciação, auto-iniciação, rituais vestido de Sol e Lua na wicca, hierarquia em covens ou grupos maiores, bruxaria hereditária, Magia dos Dragões, animal de poder, wicca e suas vertentes, e muito mais. Os alunos estarão livres para fazer todas as perguntas que ninguém quer responder.

Uso Prático dos Instrumentos na Magia
com Eddie Van Feu
Dia: Domingo (de tarde)

Como usar sua varinha, athame, espada, caldeirão, Fogo Sagrado, pin, sino e outros instrumentos da magia para enviar ou puxar energia planetária ou elemental, para saúde, riqueza, amor, equilíbrio, harmonia, sabedoria, boa sorte, alegria etc. Nessa aula, vamos aprender a consagrar os instrumentos com os quatro elementos em uma aula prática. Leve o que desejar para ser consagrado.

Porque uma história pode mudar o mundo
com Raphael Draccon
Dia: sábado ou domingo

O autor fala sobre os sonhos, sobre como conseguiu realizar o seu e chegar lá e em como é importante acreditar nos sonhos. Uma palestra de motivação para quem quer ser escritor.

A GENTE SE VÊ LÁ, GALEEERAAAA!
Ah! Você pode conferir como foi o evento do ano passado clicando aqui! E como foi o anterior clicando aqui!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Feliz aniversário, Patrícia e Nanael!

E aqui passo, com um certo astraso, para abraçar meus amigos aniversariantes! Aí vai minha sigela homenagem!


Patrícia, que tudo de bom bata a sua porta, e sempre trazendo uma bela torta!






Nanael, que tudo de bom entre pela sua janela, sempre trazendo também uma nota de cem!


video

Adoro voces! Mas o Dell resolveu que vai travar, então fico por aqui! Espero que gostem dos meus presentes virtuais! Podem ir à forra no meu aniversário de 28 anos do ano que vem!

MAGIA PRÁTICA - 10 PASSOS PARA A INICIAÇÃO

de Franz Bardon
Tradução de Eddie Van Feu
Colaboração de Patrícia Balan

Já fiz traduções difíceis antes, mas nenhuma se comparou a essa. Franz Bardon é um mestre e um mago, um dos maiores do nosso tempo, que se esforçou para tornar o conhecimento mágico acessível para quem o desejasse, tudo a ver com o momento que estamos vivendo agora. Houve muitas barreiras para que esse projeto se concretizasse, pois muitos irmãos, daqui e de lá, ainda acreditam que o conhecimento não deve ser para todos, mas apenas para uns poucos "escolhidos". Felizmente, o bem sempre vence no final e aí está esse trabalho que merece ser lido e relido, praticado e compreendido. A primeira tradução para o Português não fez juz ao trabalho original, com erros e cortes. Decidimos manter o texto o mais fiel possível, mantendo assim as constantes repetições do autor, pois faz parte do método de ensino dele (e Patrícia e eu podemos garantir que funciona. Depois de tanto repetir, finalmente você entende). O livro já está disponível e será lançado na Convenção de Bruxas e Magos de Paranpiacaba de 2011. A seguir, o serviço e textos extraídos do livro. E, ainda hoje, confira no alcateia.com o primeiro capítulo, indo ao ar em algumas horas.

Pedidos pelo e-mail: linhastortas@alcateia.com ou pelo tel.: (21)3872-4971

Leia agora o primeiro e segundo prefácio da edição alemã escritos por Otti Votavova, grande amiga do autor, textos nunca traduzidos para o Português e, portanto, publicados pela primeira vez no Brasil, e, a  seguir, a Introdução de Bardon.


 
Prefácio da Primeira Edição Alemã

É preciso dizer que aquele que se interessa em conquistar o verdadeiro conhecimento pode buscar em vão durante anos, ou até mesmo uma vida inteira, por um método confiável de instrução. Com a ajuda dessas instruções, o estudante pode começar a realizar seu desejo mais ardente, o caminho da perfeição. A ânsia por essa meta elevada força o estudante a colecionar livros e obras que são consideradas as melhores no assunto. Entretanto, para a maior parte, essas obras são apenas embelezadas com palavras eloquentes e cheias de promessas, mas têm pouco ou nada a oferecer para a prática real.

Em algum tempo, o estudante percebe que ele não encontra sentido em todos os métodos recolhidos, e que o objetivo pelo qual ele anseia escapa, infelizmente, para cada vez mais longe. Mesmo quando o neófito trabalha para seu progresso seguindo esta ou aquela orientação, sua diligência e boa vontade não produz nenhum resultado satisfatório. Além disso, ninguém pode dar uma resposta para a pergunta que não quer calar: o caminho escolhido foi o correto para sua individualidade?

A Divina Providência tem uma compreensão para todos aqueles seres humanos honestos que buscam e esperam com paciência. A Divina Providência determinou que o momento certo chegou e convoca um de seus Escolhidos a colocar uma obra universal nas mãos daqueles que lutam pela verdade divina. Essa Grande Obra é baseada nos muitos anos de prática e conhecimentos adquiridos e testados por todos os âmbitos da mais Alta Sabedoria.

Franz Bardon considerou esse pedido da Divina Providência como seu dever sagrado e apresenta ao público nessa obra seu conhecimento teórico e prático com uma consciência clara, sem se esforçar por reconhecimento ou fama para si mesmo. Deveríamos mencionar que, em suas vidas passadas, Franz Bardon teve os maiores iniciados do Oriente como seus mestres e professores e que foi abençoado pela Divina Providência.

O estilo simples de sua obra foi escolhido de propósito para que os conhecimentos fossem acessíveis a todos os buscadores da verdade, independente de idade ou profissão, permitindo assim que eles possam começar imediatamente com a divertida tarefa de descobrir sua própria perfeição verdadeira, e assim possam chegar ao objetivo final, que é “se tornar um com Deus”.

Já que era o desejo da Divindade ter essas obras escritas e publicadas, também deixamos para Ela torná-las acessíveis a todos que anseiam por trabalhar para seu progresso espiritual apoiado por métodos confiáveis. Podemos dizer com justiça e sem exagero, que desde tempos imemoriais, esta é a primeira vez que uma obra tão completa quanto esta se tornou disponível ao grande público.

Otti Votavova
1956 


Prefácio da Segunda Edição Alemã

Em poucos meses, a primeira edição dessa obra esgotou, o que já era esperado. Em retrospecto, não foi surpresa nenhuma, quando consideramos seu conteúdo rico e raro. Para satisfazer todos aqueles interessados nessas instruções, Franz Bardon decidiu, em acordo com o editor, publicar uma segunda edição totalmente nova e melhorada em um período relativamente curto de tempo.

Magia Prática não só alcançou muitos buscadores verdadeiros na Alemanha, mas também em muitos outros países da Europa. Muitos cientistas que estão interessados no verdadeiro caminho para a perfeição possuem uma cópia em suas mãos. Nesse curto período de tempo, o livro também encontrou seu caminho para outros continentes, como América, Austrália e Ásia. Todos os afortunados que possuem este livro são provavelmente muito gratos ao editor. Franz Bardon expressa neste livro sua gratidão pelo grande entusiasmo com que o editor concordou em publicar suas obras.

O autor também aproveita esta oportunidade para agradecer sinceramente todos os seus leitores pelas inúmeras cartas. Ele considera o excepcional interesse em suas obras, que se tornaram disponíveis ao público
como expressão da vontade divina, ser a maior recompensa para seu trabalho abnegado. A profissão do autor não é a de escritor, mas a de naturopata, profissão que o ocupa totalmente. A missão que a Providência Divina o embuiu foi de guiar todos os buscadores da verdade no caminho da perfeição. Entretanto, por uma questão de falta de tempo, não foi possível atender os desejos individuais dos leitores, o que certamente eles compreenderão.

É evidente que, nas muitas cartas que o autor recebeu, vários leitores gostariam de pular etapas, ou preferem certos exercícios mais prazerosos para eles. Entretanto, tal atitude não é correta do ponto de vista hermético. Neste livro, o autor menciona este fato várias vezes, e enfatiza que pular etapas pode não só levar ao fracasso, como também causar danos. Os exercícios fundamentais publicados neste livro levam ao desenvolvimento do corpo, alma e espírito. Os resultados colaterais desses exercícios práticos, as assim chamadas habilidades ocultas, podem beneficiar o estudante que pode aperfeiçoar sua existência nessa terra de acordo com seus desejos, uma vez que cada um possui necessidades, ideais e objetivos diferentes. Qualquer um que trabalhar de maneira prática e conscienciosa, passo a passo, será capaz também de melhorar sua vida material.

O autor deseja a todos bênçãos divinas, muita paciência, a maior perseverança e o mais elevado amor para este agradável caminho da Ciência Hermética. Que todas as futuras edições deste primeiro volume alcancem
todos que anseiam por este conhecimento.

Otti Votavova
Maio de 1957 


Introdução

Qualquer um que acredite que vai encontrar nesse livro uma coleção de receitas através das quais se possam obter, sem esforço, honra, fama, riqueza e poder ou meios para aniquilar seus inimigos deveria ser avisado de que, em algum momento, ele vai, muito desapontado, colocar este livro de lado.

Muitas seitas e religiões, assim como escolas de magia e filosofia, acreditam que a palavra “magia” não passa de feitiçaria e conspiração com as forças das trevas. Assim, não é surpresa que muitas pessoas se sentem apreensivas à simples menção da palavra. Videntes, ilusionistas, charlatões, mágicos de palco ou como quer que sejam chamados, frequentemente confundem o conceito de magia, o que contribui imensamente para o fato do conhecimento mágico ter sempre sido tratado com um certo desdém.

Desde os tempos imemoriais, o Mago tem sido considerado o mais alto iniciado. A palavra magia se originou dele. Os assim chamados feiticeiros não são iniciados. Ao invés disso, eles são apenas imitadores dos Mistérios que exploram a ignorância e credulidade do indivíduo e de toda uma nação a fim de alcançar seus objetivos egoístas através da ilusão e da desonestidade.

O verdadeiro mago despreza tais ações. A Magia é na verdade uma ciência sagrada. Ela é, no sentido mais verdadeiro do termo, o conhecimento de todo o conhecimento, porque ela nos ensina a compreender e utilizar as Leis Universais. Quando você está lidando com a verdadeira iniciação, não há diferença entre magia e misticismo ou qualquer outro conceito parecido, independente do nome que receba do mundo naquele momento. Ela deve ter a mesma base: as Leis Universais. Considerando que as Leis Universais possuem polaridade de bom e mau, ativo e passivo, luz e sombras, qualquer ciência pode ser empregada para bons ou maus propósitos. Por exemplo, o verdadeiro propósito de uma faca de pão é cortar pão, mas ela pode se tornar uma perigosa arma nas mãos de um assassino. Tudo depende das características
do indivíduo. O princípio se aplica a todas as áreas do conhecimento oculto. No meu livro, eu escolhi o termo “mago” para o estudante como um símbolo de sua aspiração pela mais alta iniciação e o mais elevado conhecimento.

Muitos leitores estão cientes de que o Tarot não é um jogo de cartas que serve a propósitos proféticos. Ao invés disso, ele é um livro iniciático simbólico que contém os maiores segredos. A primeira carta deste livro introduz o Mago, que representa o mestre dos elementos e oferece a chave para o primeiro arcano, o segredo do nome inefável do Tetragrammaton, o cabalístico YOD-HEH-VAU-HEH. Aqui nós encontramos a porta da iniciação para os magos. O leitor deste livro vai perceber o quão significativa e universal a aplicação da primeira carta realmente é. Em nenhum outro livro já publicado a primeira lâmina do Tarot foi tão claramente descrita como aqui. Esse sistema é estruturado com o maior cuidado e a mais extrema
ponderação. Não é um método especulativo, mas o resultado positivo de trinta anos de pesquisa, exercícios práticos e repetidas comparações a muitos outros sistemas de várias lojas maçônicas, sociedades secretas e conhecimento oriental, acessíveis apenas a poucos escolhidos de sorte. É – nota bene – minha própria experiência prática que se destina ao uso de muitos. Todos os meus alunos já provaram que este é o melhor e mais prático sistema.

Isto não significa, nem eu estou a afirmar, que este livro responde a todas as questões sobre magia ou misticismo. Se tudo sobre este conhecimento pudesse ser escrito, tomaria muitos volumes. Podemos dizer que este trabalho é a entrada para a verdadeira iniciação – é a primeira chave para utilizar as Leis Universais. Não há dúvidas de que você vai encontrar fragmentos do conhecimento hermético nos trabalhos de vários autores, mas o leitor dificilmente encontrará um único livro que descreve a primeira carta do Tarot tão bem quanto nesta obra.

Em cada passo deste manual de instruções, eu me esforcei ao máximo para ser o mais inteligível possível a fim de tornar as maiores verdades acessíveis a qualquer pessoa. Expressar a verdade em palavras simples para que se torne compreensível para qualquer um tem sido uma tarefa muito difícil. Deixo ao julgamento do leitor o quanto fui bem sucedido nesse desafio. Em várias ocasiões, achei necessário repetir intencionalmente
certos trechos a fim de destacar partes especialmente importantes, além de ajudar o leitor a poupar tempo que seria gasto procurando pela mesma informação.

No passado, houve muitas reclamações dos interessados nas ciências secretas e estudantes das ciências ocultas, que não tiveram oportunidade de serem iniciados por um mestre pessoal ou um guia, enquanto
o verdadeiro conhecimento só era acessível àqueles com muita sorte ou especialmente talentosos. Muitos buscadores verdadeiros tiveram que procurar em muitos volumes de livros para obter aqui e ali um lampejo de uma pérola da verdade. Qualquer um que leve a sério sobre seu próprio desenvolvimento e não persiga o conhecimento sagrado por pura curiosidade ou para satisfação de seus próprios desejos encontrará nessa obra o guia ideal para a iniciação. Não há iniciado encarnado, não importa o quão elevado seja seu grau de iniciação, que possa oferecer mais ao neófito do que o que é oferecido neste livro. Se o estudante honesto e o leitor atento encontrarem neste livro o que não poderiam encontrar em nenhuma outra obra, então este livro cumpriu completamente seu propósito.

Franz Bardon 

terça-feira, 10 de maio de 2011

Aula de Runas dos Dragões no Rio

E atenção, galera! Vamos aprender a jogar runas dos dragões no Rio de Janeiro! De quebra, vamos aprender algumas magias com runas e aprender a fazer nossas próprias runas com cristais. Traga suas pedrinhas para fazer talismãs e runas! Essa aula conta para quem deseja se iniciar na Magia dos Dragões, no final do ano. Quem não deseja se iniciar, não precisa, não é obrigatório.  Aí é só ir e curtir mais esse aprendizado e adicionar as runas aos seus oráculos. Tema inédito e, como a maioria das aulas, não vai se repetir. Anote!

Dia: 21 de maio, de 13 às 16 horas.
Onde: Portal Violeta
Investimento: 62,00
Rua Pinto de Figueiredo, 67 – Saens Pena
Confirme sua presença: 3872-4971

segunda-feira, 9 de maio de 2011

A arte de merecer, o hábito de exigir e o direito de escolher - Eddie, a DIVA

Quando postei o texto sobre Seu Lunga, me desculpando sobre dar uns tiros de vez em quando, não esperava o monte de comentários – e todos absolutamente relevantes e bem escritos – sobre isso. Também não esperava as acusações de eu ter virado estrela, de estar orgulhosa e me comportar como uma rainha ou uma diva. Então, ao invés de simplesmente comentar, resolvi dar uma maior importância ao tema e falar abertamente disso.



Em primeiro lugar, amigos e inimigos anônimos, não precisam ficar com medo de dizer quem são, ainda mais nesse caso em especial. Sinceridade e honestidade sempre foram boas virtudes e vocês não foram trolls, então não têm do que ter medo ou do que se envergonhar. Vale avisar que tenho alguns discordantes como visitantes assíduos por aqui e pelo Alcatéia, como o Beto, que não tem medo nenhum de dizer o que pensa, ofendendo ou não, e ainda dá a cara a tapa. E quer saber? Não concordo com quase nada do que ele diz, mas acabei gostando do cara! Admiro a coragem e transparência, e no final, ele acaba rendendo umas discussões divertidas. Então, mais uma vez, Anônimos, podem se mostrar, ninguém fará nenhum feitiço ou enviará formas-pensamento em forma de troll pra vocês (a menos que se comportem como trolls! Aí é bom não assinar mesmo!).



Bom, eu admito que fiquei surpresa com esses comentários. Eu tenho um monte de defeitos, mas ser diva não parecia ser um deles. Lembrei que eu tinha essa fama quando era adolescente. Vizinhos e colegas de escola diziam que eu era metida. O fato é que eu era míope que nem um morcego e com tantas Vozes falando o tempo todo, era muito fácil não ver as pessoas na rua. Um dia, eu li num livro do grande Leon Eliachar um texto de humor onde ele respondia cartas. Uma das cartas era de uma moça míope que não gostava de usar óculos e, por não ver as pessoas na rua, ela não cumprimentava ninguém e as pessoas diziam que ela era metida. Leon Eliachar respondeu então para ela passar a cumprimentar todo mundo. Assim, além de mudar sua fama com os amigos antigos, ela ainda ia fazer um monte de amigos novos. Então pensei comigo: por que não? E foi o que fiz. Passei a cumprimentar literalmente todo vulto, sombra ou silhueta, incluindo algumas árvores, que eu via na rua. E funcionou! Um monte de gente passou a me adorar por simplesmente dar bom dia e sorrir.



Agora, vamos que viemos. Nenhuma dessas pessoas me cumprimentava antes. Elas me olhavam e esperavam um retorno. Eu era míope e não usava óculos. Eu podia estar olhando para ela, mas não queria dizer que estava vendo algo além de uma mancha colorida. Se elas dissessem algo, eu responderia. Mas elas esperavam que eu tomasse a atitude. E quando não tomava... eu era metida.



Os Anônimos não foram os únicos que me acusaram de ser estrela. Algumas pessoas se surpreendem ao me conhecer, pois tinham ouvido que eu era metida. Quando fui à Porto Alegre pela primeira vez, conheci muita gente legal e eles sempre diziam uns para os outros: “Nossa! Ela é tão legal! Eu achei que ela fosse cheia!” Quando ouvi isso pela quinta vez, não agüentei e perguntei: “Vocês achavam que eu era gorda??” Foi quando me explicaram que “cheia” é uma expressão gaúcha para metida, ou cheia de si.




Bom, fico feliz de ter mudado a opinião de algumas pessoas simplesmente sendo eu. Agora, eu preciso perguntar, caros Anônimos, por que exatamente vocês me acham estrela. No que exatamente vocês se baseiam ao dizer que eu não sou mais a mesma de antigamente? Pode ser algo que eu esteja fazendo e possa mudar, então eu gostaria de saber.


Vale a pena também apontar o texto do Nanael, que explicou tão bem que eu nem soube o que dizer. Ser a Eddie dá um trabalho danado, gente!... Tenho ouvido muita gente reclamando que não sabe nada da minha vida pessoal, minha biografia, essas coisas, então eu vou falar um pouquinho de mim, porque talvez isso ajude a desfazer essa falsa imagem que está se formando.




Não existe fim de semana. Em metade deles, estou com os alunos do Rio ou de São Paulo. Na outra metade, preciso me dividir entre visitar meus pais, receber algumas pessoas ou simplesmente terminar trabalhos atrasados (e todos eles, nesse momento, estão absolutamente atrasados). Dentro do ano, há outras viagens que também consomem semanas ou finais de semana inteiros, como Brasília e POA. Além de escrever os livros e revistas, também tenho as traduções e entrevistas ou matérias que sempre surgem para alguma mídia ou estudante que esteja fazendo um trabalho de faculdade. Paralelamente a isso, tenho que atualizar os blogs e sites, preparar as apostilas, fazer rituais para encantar poções, caixas, espelhos e pós, além de eventuais rituais de emergência para pessoas desesperadas.


Também preciso fazer a mala direta, o curso EAD e divulgar os eventos, incluindo as viagens, cursos, iniciações etc. Também preciso analisar textos, fazer contratos, lidar com editores, distribuidores, gráficas, autores, jornalistas, desse país ou não, entre uma reunião e outra. Tenho também as “coisas aleatórias”, que vão desde problemas de contas e boletos pagos, porém invisíveis para o sistema, compras que acabaram, coisas que quebraram, urgência com um dos meus cachorros, e qualquer coisa totalmente inusitada que surja durante o dia. No meio disso tudo, tem o Renato, os cachorros, os amigos mais íntimos e, claro, a casa, que também exige sua cota de atenção. E de noite... Lá vamos nós trabalhar e estudar no astral, lá em cima e lá em baixo.


Não estou falando isso como uma reclamação. Adoro minha vida! Não trocaria por nada! Só estou explicando porque não dá pra responder todos os e-mails, atender telefonemas, ou mandar cartas. Respondo alguns e-mails, geralmente os mais urgentes, e só. Mais de uma vez, pessoas ficaram muito zangadas comigo porque eu não respondi um e-mail. Na maioria das vezes, eu nem recebi o e-mail, então não tinha como responder. Lamento profundamente por isso, mas não dá pra responder todos os e-mails e já falei isso antes.


Outras pessoas andam reclamando que eu dou mais atenção para meus alunos ou pessoas que vão aos eventos do que aos leitores. CLARO QUE DOU! É normal dar mais atenção a quem se conhece, gente!!! Tenho recebido uma cobrança indevida. Ninguém é obrigado a dar atenção a todas as pessoas do mundo na mesma proporção. E se você aí dá a mesma atenção e tratamento, em qualidade e quantidade, a qualquer pessoa – QUALQUER PESSOA MESMO – na sua vida, amigo, você tem um problema! Não existe nada mais injusto do que tratar igualmente todas as pessoas. Você não pode – e ninguém consegue – tratar e amar igualmente o porteiro, a mãe, o carteiro, o melhor amigo, o cara da carrocinha do cachorro-quente, o professor, o marido ou a esposa. Além do mais, há pessoas, mesmo entre as mais próximas, que nosso coração reconhece quase que imediatamente, e passamos a gostar delas de graça, enquanto outras levam um pouco mais de tempo para entrar nos nossos corações (e algumas nunca conseguem). O leitor merece todo o meu carinho e o tem. Mas o aluno também merece, você não acha?

E só pra lembrar, há pessoas que eu nunca vi, nunca foram a uma aula minha ou a um evento, e pelas quais eu nutro um profundo carinho, como o Nanael Soubain e a Lilly Rose, mas estão presentes na minha vida através de comentários e e-mails constantes. Eles sempre têm prioridade, mesmo que eu nunca os tenha visto antes. Por quê? Porque eles estão presentes. Então, aí vai um recadinho para todas as pessoas que não se sentem amadas o bastante ou acham que não estão recebendo toda a atenção que gostariam: é preciso merecer. Não basta exigir. Porque quem dá essa atenção e amor tem todo o direito do mundo de escolher para quem dar sua afeição e em que ordem.



Eu vi todos os filmes do Zac Efron, até os que não foram lançados no Brasil (er... eu não baixei, porque é crime... Eu peguei um avião e fui até a Europa para ver o Me and Orson Welles!). Isso não quer dizer que ele tenha obrigação de virar meu melhor amigo. Eu adoraria. Mas eu teria que merecer.




E só pra terminar: eu atualizo os blogs e sites todo santo dia, sacrificando tempo de sono, de trabalho ou de jogar bolinha pra Mirian porque é uma forma de ficar mais perto de vocês, de todos vocês. Quando coloco uma postagem, faço isso pensando em você que está aí, sei lá onde, sei lá com que problemas, e precisa de uma coisa legal para alegrar ou inspirar seu dia. Posso não estar respondendo todos os e-mails, mas certamente não esqueci – e jamais esquecerei – os leitores, sem os quais meu trabalho seria um monte de papel dentro de uma gaveta. E você pode perceber isso em cada uma das centenas de postagens dos vários blogs que estão no ar nesse momento tentando dar um colorido à sua vida.


Não se preocupem, amigos com problemas de identidade que ainda não sabem quem são... É muito difícil constranger uma diva...

Pronto. Agora, podem comentar à vontade.

sábado, 7 de maio de 2011

Viagem para a Irlanda em setembro!

O roteiro já saiu e conseguimos incluir uma visita ao poço de Brigith! No sétimo dia, faremos uma visita à fonte de Brígith em Liscannor como cortesia. Semana que vem eu já divulgarei os rituais de cada dia, mas nesse momento, é hora de fazer acertos para garantirmos esses preços e nossas vagas.
Para os acertos, neste momento, será necessário o sinal de USD 400 referente à reservas. O restante do valor ( terrestre + aéreo), deverá ser pago após confirmação dos serviços, o que levará aproximadamente 1 semana.
Esses acertos poderão ser realizados na agência com a Yary e/ou através de e-mail (autorização p/ débito em conta e/ou pagamento em cartão), a partir de 02/05 com prazo máximo até 31/05.
Por favor, ao pessoal que vai, peço que preencham a ficha de cadastro e enviar para a confecção do contrato. Quem não tem a ficha de cadastro, me manda um e-mail (eddie@eddievanfeu.com) que eu mando. Quem já preencheu e me mandou, não precisa preencher de novo, a menos que haja algum dado novo. Nesse caso, avisem pra mim que sou eu quem está mandando as fichas pra agência! E atenção! Vou confeccionar um olho de dragão para cada membro do grupo. É um espelho de vidência que vai servir como proteção em nossa viagem, de dia e de noite, quando deverá ser colocado aberto na nossa cabeceira, ou embaixo do travesseiro! Também teremos um talismã para as bagagens e umas coisinhas a mais!

Segue contato para acertos:

Yary Nascimento

Supervisora de Vendas

Cia Eco

Rua Sena Madureira, 515 - São Paulo
Fone e Fax: (11) 5571-2525
Embratur: 26.010039.10.0001-7
Email: yary@ciaeco.tur.br

Site: www.ciaeco.tur.br

Qualquer dúvida, me e-meiem! Ou liguem! (21)3872-4971! Beijos!E quem quiser saber os preços, detalhes, parcelamentos ou a minha cor favorita, é só mandar e-mail também!